Casa da Magnolia - Santar - Vila Jardim

Jardim da Casa da Magnólia

A Casa da Magnólia é vizinha da Casa dos Condes de Santar e Magalhães. Propriedade da família Pinto Amaral Homem, deve o seu nome à sua penúltima proprietária, Maria Adelaide Portugal, que assim pretendeu homenagear a duplamente centenária magnólia existente no jardim. A origem desta casa remota ao século XVII, quando Francisco Pinto veio da Azinhaga para Santar, com os seus filhos, o abade Sebastião Pinto e Pedro Coelho Rosado. Em 1727, um dos descendentes deste último, Francisco Pinto Coelho Homem Rosado de Sampaio, Capitão-Mor do Conselho de Senhorim, casou-se com Maria Teresa de Portugal Mendonça Cabral. A propriedade contava com duas dezenas de terrenos periféricos, dispersos pelas localidades de Santar, Moreira e Casal Sancho destinados a terras de semeadura, olival, vinha, tojais e pinhais.

Atualmente, para além da imponente magnólia, no jardim da casa existem inúmeras cameleiras, um tanque de granito e um poço e contiguamente, numa área que foi de cultivo, existe uma nova vinha jardim bordeada a buxo. As carreiras levam o visitante a percorrer o jardim e a admirar a paisagem com a serra da Estrela ao fundo. Deste último patamar pode aceder-se ao jardim da Casa dos Condes de Santar e Magalhães mediante uma escada, também esta construída no âmbito do projeto Santar Vila Jardim.

Magnolia 01
Magnolia 02
Magnolia 03
Magnolia 04
Magnolia 05
Magnolia 06
Magnolia 07
Magnolia 08
Magnolia 09
Magnolia 010
Magnolia 011
Magnolia 012
Magnolia 013
Magnolia 014
Magnolia 015